BrasilCidadesDestaquePoliciaSão Paulo

PM começa investigação sobre atuação de soldado que apontou arma para colega

644leituras

A Polícia Militar começa hoje a investigar a atuação do soldado Felipe do Nascimento, que apontou a arma ao cabo Marcio Simão de Oliveira Matias, na última sexta-feira, 04. O PM será processado na instância penal por ameaça e na administrativa por indisciplina. Nascimento está no presídio militar Romão Gomes e ficará preso pelos próximos 90 dias até a conclusão do inquérito.

Segundo fontes do comando da PM ouvidas pela reportagem, há uma grande possibilidade de que ele seja expulso da corporação.

Em nota, a Polícia Militar esclareceu que classificou como gravíssima e repulsiva a ocorrência.

--- Publicidade ---

Outro caso

Também na última sexta-feira, 04, um policial civil atirou e matou o próprio colega depois de um acidente, no interior de São Paulo. O investigador Renato Bianchi foi sepultado. Ronaldo Cordeiro, o assassino, foi preso e vai responder por homicídio doloso.