BrasilCidadesDestaqueFrancisco MoratoNotíciasReclamações

Merendeiras de escola fazem greve por falta de salário em Francisco Morato

De acordo com informações de mães de alunos, a greve está acontecendo há cerca de uma semana.

Merendeiras de escola fazem greve por falta de salário em Francisco Morato.
262leituras

Merendeiras da escola estadual Pedro Paulo Aguiar (PPA), localizada na Av. Paulo Brossard no bairro Jardim Vassouras em Francisco Morato, estão realizando uma greve pela falta de pagamento do mês de novembro. De acordo com informações de mães de alunos, a greve está acontecendo há cerca de uma semana.

“A escola tá assim, um dia tem merenda, no outro não”, disse Angélica, mãe de aluno ao Cidade Repórter.

De acordo com as merendeiras, além do pagamento, cestas básicas também não estão sendo entregues há aproximadamente cinco meses. Na escola do PPA trabalham quatro merendeiras, até o momento somente duas conseguiram receberam o pagamento de mês. Além disso, problemas com o pagamento das merendeiras já vem acontecendo há vários meses, como conta as profissionais.

 

O Cidade Repórter procurou a Diretoria de Ensino de Caieiras, segundo a pasta, estão sendo servidos alimentos como bolacha, suco, frutas e leite na hora dos intervalos. Comidas que vão ao fogo, onde é necessário o preparo, não estão sendo feitas. A Diretoria ainda ressalta que está cobrando a empresa terceirizada que regularize os pagamentos o mais rápido possível, para a situação voltar ao normal.

 

Também tentamos entrar em contato com a Torres&Viana, empresa terceirizada responsável pela contratação das merendeiras, mas até o momento da publicação desta matéria não obtivemos retorno.

 

As merendeiras não desejam se identificar por medo de sofrerem penalidades por parte da empresa terceirizada.

 

#CidadeRepórter