BrasilDestaqueNotíciasPoliticaSaúde

João Doria anunciou nesta quarta (28) que o horário de funcionamento e a taxa de ocupação dos comércios serão liberados a partir de 17 de agosto.

1.54Kleituras

“A partir do dia 17 de agosto, não teremos mais nem limite de ocupação de espaços comerciais ou espaços públicos abertos ou fechados e nem tampouco de horário”, disse o governador, em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes.

O governador João Doria (PSDB) anunciou nesta quarta-feira, 28, a abolição do limite de horário de funcionamento e de ocupação em estabelecimentos não essenciais a partir de 17 de agosto. Entre 1º de agosto e 16 de agosto, haverá uma “fase de transição”, com a ampliação do horário máximo das 23 horas para a meia-noite e uma ocupação limite de 80%.  Não haverá mais toque de restrição no Estado de São Paulo. A nova fase é chamada de “retomada segura” pelo Governo do Estado.

--- Publicidade ---

“(Os locais poderão ter ocupação máxima) Desde que tenhamos a garantia do distanciamento de um metro entre os que frequentam os espaços”, destacou a secretária estadual de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen. Os parques estaduais passarão a abrir em horário normal a partir de domingo.

A vacinação da população de 18 anos ou mais contra a covid-19 foi adiantada de 20 para 16 de agosto, enquanto a de adolescentes teve o início antecipado de 23 para 18 de agosto. Em coletiva de imprensa, Doria disse que São Paulo se encaminhada para a retomada da normalidade. Os anúncios podem ser acompanhados na transmissão ao vivo abaixo:

 

O calendário estadual prevê a imunização da população de 28 a 29 anos desta sexta-feira, 30, até 4 de agosto, enquanto o público de 25 a 27 anos terá a vez de 5 a 9 de agosto. Já quem tem de 18 a 24 anos poderá procurar os pontos de aplicação de 10 a 16 de agosto.

Na sequência, a vacinação de 18 a 29 de agosto será focada no público de 12 a 17 anos com comorbidades, deficiências, gestantes e puérperas. De 30 de agosto a 5 de setembro, a campanha vai focar em todos os adolescentes de 15 a 17 anos, enquanto os de 12 a 14 anos receberão a primeira dose de 6 a 12 de setembro.