O autor do crime Leonardo Henrique de 26 anos, que matou seus pais e incendiou um carro na garagem de sua casa em Franco da Rocha
CidadesDestaquePolicia

Atendente de telemarketing mata os pais em Franco da Rocha

1.78Kleituras

Um atendente de telemarketing, Leonardo Henrique Machado de 26 anos foi preso em flagrante após matar os pais na residência onde mora, na Rua Carapicuíba, em Franco da Rocha, às 07h10 do ultimo domingo (08).

Policiais foram chamados ao local e encontraram o carro da família pegando fogo na garagem. Na sala, os policiais encontraram o corpo do pai de 61 anos ao lado de uma machadinha. O corpo da Mãe de 51 anos, foi encontrado no banheiro. A porta dos fundos de alumínio estava arrombada. Leonardo que também estava na sala, afirmou que um indivíduo entrou na casa, o agrediu e matou os pais. Na delegacia entrou em contradição e confessou o crime.

--- Publicidade ---

Leonardo afirmou de acordo com seu depoimento que havia usado 10 pinos cocaína em uma tentativa de suicídio, sem sucesso Leonardo foi até a cozinha de sua casa beber água quando o seu pai lhe cumprimentou dizendo: “bom dia filho”, sem responder Leonardo pegou uma faca de cozinha quando seu pai estava na sala, “peguei a faca e fui atrás dele, lá na sala sem motivo algum o golpeei, desferi uma facada que acertou a região do abdomem e as demais feridas não sei como fiz”. Em seguida Leonardo atacou sua mãe onde foi encontrada morta no banheiro da casa, “ela estava dormindo, provavelmente ela acordou e desceu para ajudar meu pai e não sei explicar como eu a atingi, só me lembro de tê-la visto caída no chão do banheiro com os olhos abertos, mas aparentemente sem vida.”

Depois de matar os pais Leonardo ateou fogo no carro, ele também confessou que arrombou a porta para parecer uma invasão. Na casa foram encontrados resquícios de substância esbranquiçada que foram encaminhadas para a perícia. Leonardo usava drogas a aproximadamente seis meses.

“Eu não sei explicar exatamente, mas surgiu um surto de agressividade, tendo em vista que eu tinha acabado de cheirar 10 pinos de cocaína e sou viciado há seis meses”, disse Leonardo.

Os vizinhos da Rua Carapicuíba estão em choque pelo ocorrido, pois Leonardo sempre se demostrava uma pessoa bem tranquila.

O caso foi registrado como duplo homicídio qualificado e incêndio na delegacia de Franco da Rocha, Leonardo pode pegar a pena máxima de 30 anos de prisão.

Matéria: Lucas Varjão

Fotos: Edi Gonçalves

Comentários no Facebook