BrasilCidadesDestaqueentertainmentEntretenimentoEventosFranco da RochaGeralNotíciasSão Paulo

5º Mostra de Cinema da Mulher em Franco da Rocha, já tem nova data, e será realizada em novo formato.

252leituras

Após adiamento do evento que aconteceria em março de 2020, devido a pandemia do Coronavírus, a V Mostra de Cinema da Mulher, já tem nova data, e será realizada em agosto em novo formato.
Com a impossibilidade de atividades coletivas presenciais e a falta de perspectivas futuras para o setor cultural, houve a necessidade de realizar o evento em formato
online, a fim de manter a discussão de gênero em pauta, e contribuir com espaços de trocas e fruição artística neste momento de isolamento social.
Idealizada e produzida pela Baciada de Mulheres do Juquery, a Mostra está em sua 5ª edição, e neste ano foi contemplada pelo edital de apoio à cultura, do Fundo Municipal de Cultura de Franco da Rocha, e será realizada pela Prefeitura, através da Secretaria de Cultura de Franco da Rocha, nos dias 21, 22 e 23 de agosto de 2020, através do canal
do YouTube: Baciada das Mulheres do Juquery, os filmes ficarão disponíveis durantes 24h, com debate sempre às 19h.

Confira a programação:
21 de agosto (sex) – Exibição dos filmes online, disponíveis durante 24h
Seremos Ouvidas – Larissa Nepomuceno – Curitiba/PR
Onze minutos -Hilda Lopes Pontes – Salvador/BA
Delas – Karina Liliane – Maceió/AL
Filme Convidado: Jaraguá Resiste – Fernanda Schenferd– São Paulo/SP
Debate com Jéssica Moreira, escritora, jornalista e cofundadora do Nós, mulheres da periferia e equipe dos filmes: 19h no canal do YouTube

--- Publicidade ---

Mais sobre a debatedora: Jéssica Moreira, 29, é escritora, jornalista e cofundadora do Nós, mulheres da periferia. É moradora de Perus, região noroeste de SP, onde é correspondente da Agência Mural de Jornalismo das Periferias desde 2010. É coautora do Blog Morte Sem Tabu da Folha.com. Escreveu o livro Queixadas – por trás dos 7 anos de greve e é uma das autoras do livro Heroínas dessa História, do Instituto Vladimir Herzog, sobre mulheres que atravessaram a Ditadura Militar no Brasil. Integra também a Rede Jornalistas das Periferias.

22 de agosto (sáb) – Exibição dos filmes online, disponíveis durante 24h
Sabrina – Jéssica Barreto – São Paulo/SP
Perifericu – Nay Mendl, Rosa Caldeira, Stheffany Fernanda e Vita Pereira – São Paulo/SP

Que som tem a Distância? – Marcela Schild – Santa Cruz do Sul/RS
Debate com Renata Carvalho atriz, diretora, dramaturga e fundadora do MONART
(Movimento Nacional de Artistas Trans), e equipe dos filmes: 19h no canal do
YouTube

Mais sobre a debatedora: Renata Carvalho é atriz, diretora, dramaturga e transpóloga. Graduanda em Ciências Sociais. Fundadora do MONART (Movimento Nacional de
Artistas Trans); do COLETIVO T e do Manifesto Representatividade Trans.

23 de agosto (dom) – Exibição dos filmes online, disponíveis durante 24h
Quântica –Tati Lenna – São Paulo/SP
Em Reforma – Diana Coelho – Natal/RN
Ana Terra –Direção Coletiva – Arapiraca/AL
Debate com Marcela Morais, produtora e diretora audiovisual: 19h no canal do YouTube
Mais sobre a Debatedora: Marcela Morais é produtora cultural e produtora áudiovisual, dirigiu os curtas-metragens Queda Cortês e Gauthier e os documentários longa-metragem
“A arte do encontro – um olhar sobre as oficinas culturais de Franco da Rocha 2018 e 2019”.

O mini Documentário produzido na escola Adamastror Baptista, durante workshop de Cinema da V Mostra de Cinema da Mulher, será exibido nos três dias da Mostra.
A mostra conta com exibição de 11 filmes e debates, sendo 09 filmes pelo edital, 01 filme convidado, e exibição de 01 mini-documentário produzido durante oficina de cinema na Escola Adamastor Baptista. Os filmes que integram a V Mostra trazem debates acerca das violências sofridas por mulheres em transportes, as dificuldades vividas pelas mulheres surdas, o universo das mulheres travestis e transgêneras, a vida feminina após o encarceramento, entre outros.

Os filmes que serão exibidos na Mostra foram submetidos ao edital de chamamento que foi lançado pela equipe – que recebeu inscrições de filmes de até 20 minutos, dirigidos por mulheres. Foram 151 filmes inscritos, vindos de todas as regiões do Brasil: Rio de Janeiro, São Paulo, Goiás, Bahia, Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraíba, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Minas Gerais, Distrito Federal, Maranhão, Espirito Santo, Alagoas, Mato Grosso e Amazonas; além de filmes vindos do exterior.

Comentários no Facebook