BrasilCidadesDestaqueNotíciasPolicia

Após assalto, motoristas de aplicativo dizem que não vão fazer mais corridas no bairro Jardim Olga

O motorista que foi vítima desse assalto, faz parte de um grande grupo de motoristas de aplicativo que trabalham em Francisco Morato, e dizem que vão parar de fazer corridas no bairro do Jardim Olga por conta de vários assaltos que acontecem na região.    

Assaltos a motoristas de aplicativo continuam a acontecer em Francisco Morato. Na noite do último domingo (10), um motorista passou por momentos de tensão, tudo começou quando um homem invadiu o seu carro no bairro Jardim Olga. O motorista tinha acabado de finalizar uma corrida no mesmo bairro.

Segundo o motorista, o individuo armado entrou no carro e anunciou o assalto.  Nos primeiros momentos, o assaltante pediu ao motorista para desligar a localização do GPS do celular, ao desligar o invidio pegou o celular do motorista e tirou o chip.

--- Publicidade ---

O assaltante ainda pediu para o motorista deixar ele no bairro “Paradinha” em Franco da Rocha, ao sair do bairro Jardim Olga e acessar a Avenida Ulisses Guimarães eles encontraram três viaturas da Polícia Militar que passavam pela região. Nesse momento, o assaltante colocou a arma na barriga do motorista e falou “tenta alguma coisa que eu te mato”, eles passaram pelas viaturas sem chamar a atenção da polícia.

A viagem terminou próximo a um escadão que dá acesso a estação Baltazar Fidélis da CPTM, o assaltante levou o celular do motorista, cento e cinquenta reais em dinheiro e até a maquinha de cartão. Segundo o motorista o assaltante só não levou o veículo pois o mesmo tinha seguro.

O motorista que foi vítima desse assalto, faz parte de um grande grupo de motoristas de aplicativo que trabalham em Francisco Morato, e dizem que vão parar de fazer corridas no bairro do Jardim Olga por conta de vários assaltos que acontecem na região.

Comentários no Facebook