AcidentesBrasilCidadesDestaqueGeralNotícias

Barragem da Vale se rompe em Brumadinho, Grande BH; há 9 mortos e mais de 300 desaparecidos

400leituras

RESUMO

  • Uma barragem da mineradora Vale se rompeu ontem, em Brumadinho, Região Metropolitana de BH.
  • A Vale informou que o rompimento ocorreu no início da tarde, na Mina Córrego do Feijão; uma barragem rompeu e fez outra transbordar.
  • Um mar de lama destruiu casas da região. Rejeitos atingiram a área administrativa da companhia e parte da comunidade da Vila Ferteco.
  • Há 9 mortos e de 300 a 350 desaparecidos. Nove pessoas foram resgatadas com vida da lama e mais de 100 que estavam ilhadas também.
  • Governo federal montou gabinete de crise; Bolsonaro irá sobrevoar o local hoje.


Os Bombeiros de Minas informam que as equipes de busca contam com 13 aeronaves: 5 do Corpo de Bombeiros de MG, 4 da Polícia Militar de MG, 2 da Polícia Civil de MG, 1 da FAB e 1 do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro.

Além dos 9 mortos e mais de 180 resgatados, os cerca de 300 desaparecidos estimados pelos bombeiros estão distribuídos da seguinte maneira:

  • Entre 100 e 150 pessoas na área administrativa que ficava nas proximidades da barragem que rompeu.
  • Aproximadamente 30 pessoas na região da Vila Vértico
  • Aproximadamente 35 pessoas na pousada Nova Estância
  • De aproximadamente 100 a 140 pessoas na região do Parque das Cachoeiras


A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) suspendeu, nesta sexta-feira (25), todas as atividades da mineradora Vale em Brumadinho. A Semad ainda determinou a abertura de um canal para escoar o acúmulo de sedimentos que possam interromper o fluxo natural do curso d’água. Também foi determinado o rebaixamento do nível do reservatório da barragem e o monitoramento da qualidade da água no Rio Paraopeba.