CidadesFrancisco MoratoFranco da RochaJundiaíNotíciasPerus

Falha na linha 7-rubi da CPTM deixa milhares sem trem no horário de pico

1.28Kleituras

Desde que as chuvas voltaram a São Paulo, os trens da linha 7-rubi estão funcionando a baixa velocidade. Hoje, a máquina parou de vez. Desde antes as 8h da manhã desta terça-feira (18), os trens tiveram o funcionamento interrompido, por conta de problemas de energia, sem previsão de retorno.

Ônibus que circulam em direção a Lapa e Barra Funda estavam lotados na região de Perus. A falta de transporte causou confusão em várias estações, especialmente Caieiras , Franco da Rocha e Perus.

A situação complicou moradores da zona norte de São Paulo e de cidades da Grande São Paulo.

“Moro em Franco da Rocha, estava indo para a faculdade na Barra Funda, a Uninove, e os trens pararam. De faculdade, vou levar falta. Estou aqui tentando ver um jeito de voltar para casa”, afirma a estudante Lenice Maria, 22.

Lenice conta que já viveu problema parecido há alguns meses. “Fiquei quatro horas esperando o ônibus e passei quatro horas para chegar em casa”.

Também moradora de Franco da Rocha, a auxiliar de limpeza Edileuza da Costa, 54, trabalha na Avenida Paulista. “Meu chefe vai entender [o atraso], mas um dia eu perco[o emprego] . É ruim pra mim”, afirma. “Só eu que trabalho sozinha na minha casa, a linha pior que tem na face da terra é em Franco da Rocha, porque todo fim de semana estão arrumando, a linha é uma desgraça”.

Devido ao problema, o preço das corridas de Uber disparou. Uma viagem de Perus até a Barra Funda chega a custar R$ 123, sendo que em condições normais sai em torno de R$ 60.

“Não é tão longe e estou aqui parada”, diz a ajudante de limpeza Jéssica Ferreira, 24. Ela mora em Caieiras e chegou 8h20 na estação da cidade para pegar o trem com destino ao Jaraguá, onde entra no trabalho às 9h30. “Os ônibus não tem condição de pegar para ir para lá, estão muito cheios”. Ela conta que na última pane, entrou no serviço às 13h.

Segundo o site da CPTM, houve problemas técnicos no sistema de energia, com circulação interrompida entre as estações Vila Aurora e Caieiras. “Foi acionada a Operação Paese, com ônibus gratuitos, entre as estações Pirituba e Caieiras, sendo cancelada às 11h devido à redução da demanda de usuários. A circulação deverá ser normalizada às 13h”, diz a CPTM, em nota.

A companhia alega que houve furtos de equipamentos do sistema de rede aérea (pesos de ferro que sustentam a rede autocompensada). A empresa diz que dois suspeitos foram identificados e encaminhados para à Delpom (Delegacia do Metropolitano) para apuração.

Matéria: Jéssica Moreira e Betiane Silva