BrasilCidadesDestaqueFrancisco MoratoNotíciasPolicia

Salão de beleza em Francisco Morato é arrombado por criminosos

6.15Kleituras

Na manhã da última terça feira (27) seria mais um dia de trabalho normal para os oito funcionários do Salão da Gê no centro de Francisco Morato, mas ao abrirem as portas do salão se depararam com uma cena assustadora e revoltante. Na madrugada da terça feira o salão de beleza sofreu um arrombamento, não se tem a informação de quantas pessoas participaram do crime, os responsáveis pela invasão entraram pela lateral do prédio por uma janela que dá acesso ao fundo do salão.

Para entrar no local os criminosos forçaram a proteção da janela com um pedaço de madeira, por  uma fresta bem pequena eles conseguiram entram em uma sala do salão. Para ter acesso a outra parte do estabelecimento os invasores ainda destruíram uma porta de madeira, fazendo uma passagem no meio da porta.

Com acesso total na parte de dentro do salão os criminosos levaram grande parte dos equipamentos, ao total foram três secadores, duas chapinhas e três maquininhas de corte que foram roubados, além de R$250 que estava no caixa do salão. Por todo o salão tudo ficou revirado pelos assaltantes.

Ricardo Augusto de 25 anos é um dos responsáveis do salão, no mesmo dia do ocorrido ele gastou R$200 para reforçar a janela e diz que em breve vai instalar um sistema de segurança para ver se inibe as ações de criminosos. O caso foi registrado pela Delegacia de Francisco Morato.

Funcionários do salão ficaram revoltados com o ocorrido, para ajudar um colega do local do trabalho eles fizeram uma vaquinha para comprar uma nova maquina de corte. “Revoltado, não existe segurança nessa cidade, o enviado de satanás veio e levou todas nossas coisas”, disse o cabeleireiro Robson Nery de 22 anos que trabalha no salão a mais de uma ano.

Com o arrombamento e com o roubo dos equipamentos o prejuízo ficou em torno de seis mil reais.  Há dois anos o mesmo salão já tinha sofrido com um outro arrombamento, o responsável do salão acredita que os criminosos tiveram acesso a lateral do prédio passando pelo posto de saúde que fica logo atrás do salão.

Texto/Fotos: Lucas Varjão