CidadesDestaqueSão Paulo

Greve do Metrô de São Paulo é cancelada provisoriamente

371leituras

No início da semana, os metroviários de São Paulo disseram que entrariam em greve na sexta-feira, (05/05). O motivo da paralisação é que desejam 30 minutos de pausa para refeição, remunerada.

Em assembleia realizada nessa quinta-feira, (04/05), os metroviários decidiram suspender a greve temporariamente, pois a Justiça do Trabalho adiou para 90 dias, a inserção de uma hora de refeição para os funcionários.

Entretanto, a greve ainda pode acontecer, pois a categoria aguarda que as portarias sejam publicadas no Diário Oficial, pois somente assim as medidas terão validade legal. Caso não haja publicação, realizarão a greve.

Vale lembrar que o transporte público que entrar em greve, precisa com pelo menos 48 horas de antecedência emitir um aviso, bem como a greve deve ser em último recurso, após exaurido as formas de negociação. Também é obrigatório que exista uma porcentagem de serviço sendo prestado para população, algo que raramente acontece em dias de greve e que resulta em altas multas para os sindicatos.