Alunos que realizaram o curta-metragem O Preço do Poder
CulturaDestaqueFrancisco Morato

Moratenses realizam curta metragem

362leituras

Em 2016 o Governo do Estado de São Paulo junto com a POIESIS (Organização Social de Cultura) e a Secretária de Cultura de Francisco Morato desenvolveram uma série de oficinas para a produção de um curta-metragem.

O Projeto Cine Tragédia começou no dia 12 de maio de 2016 na Biblioteca de Francisco Morato e contou com um público de jovens bem engajados. O curta teve como tema Tragédia Grega e Morato foi escolhida para fazer a adaptação da tragédia chamada Antígona de Sófocles, história escrita por volta de 442 AC.

Durante seis messes os alunos tiveram oficinas conduzidas por profissionais da área como roteiro, produção, trilha sonora e edição cinematográfica.

“Com este projeto, a partir da leitura, adaptação e roteirização de tragédias gregas, pretendemos desenvolver nos participantes competências e habilidades como entender a linguagem cinematográfica, contextualizar arte e literatura, compreender a diversidade cultural, entender os processos e dados históricos e geográficos, construir argumentações e elaborar propostas para intervir na realidade de sua cidade,” conta um dos coordenadores da projeto.

Gabriel Moral que ficou como diretor do curta “O Preço do Poder” baseado na obra Antígona disse que o aprendizado foi muito gratificante, “foi uma experiência muito gratificante! Aprendi muitas coisas sobre como produzir um curta-metragem. Os professores foram ótimos, eles souberam explicar muito bem o processo de criação do curta. As pessoas envolvidas foram bastante atenciosas e pacientes com o desenvolvimento, mesmo tendo várias dificuldades. O período de ensaio e de gravação do filme foram curtos, mas mesmo assim os atores deram o melhor de sí e conseguiram fazer uma boa atuação. Mesmo com vários problemas técnicos, no final deu tudo certo e todos ficaram satisfeitos com o resultado.”

O curta metragem teve cenas gravadas no velho cemitério próximo a Santa Casa e na Casa de Cultura de Francisco Morato, o curta “O Preço do Poder” você confere nesse link.

Desde 2013 Francisco Morato vem recebendo oficinas gratuitas de produção audiovisual, onde moratenses realizaram outros curtas-metragens, como o terror “O Amuleto Oculto” e o experimental “Telescopia.

Matéria: Lucas Varjão

Alunos que realizaram o curta-metragem O Preço do Poder