BrasilCidadesDestaqueFrancisco MoratoNotíciasReclamações

Paralisação de funcionários da Educação Municipal de Francisco Morato

2.7Kleituras

Nesta segunda-feira (23), professores e funcionários da rede de ensino municipal de Francisco Morato realizaram uma paralisação de suas atividades. Professores e funcionários através do SINTEFRAMO – Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Francisco Morato fazem uma série de reivindicações ao poder público municipal, entre elas o reajuste salarial para todas as categorias – o dissídio.

A paralisação contou com uma passeata de professores e funcionários que começou com sua concentração na Praça do Coreto às 10h, carregando faixas e cartazes eles andaram pelas principais ruas do centro da cidade, pedindo melhorias nos serviços da educação municipal. O movimento foi até as portas da prefeitura de Francisco Morato, onde fica o gabinete da prefeita Renata Sene.

Uma equipe da prefeitura de Francisco Morato recebeu uma comissão de profissionais da educação presentes na paralisação, tratando os itens da pauta econômica da categoria. Informaram que o dissídio (reajuste salarial para todas as categorias) acontecerá e será incorporado no mês de maio.

A Secretaria da Educação informou a garantia que os alunos não serão prejudicados em relação ao dia letivo.