Record TV, SBT e RedeTV! declaram guerra contra a TV paga

A partir do dia 29 de março, quando o sinal analógico será desligado em São Paulo, as emissoras Record TV, SBT e Rede TV deixarão de exibir suas programações nas operadoras de TV por assinatura NET, OI, Vivo, Claro, Embratel e Sky.

0
204

A partir do dia 29 de março, quando o sinal analógico será desligado em São Paulo, as emissoras Record TV, SBT e Rede TV deixarão de exibir suas programações nas operadoras de TV por assinatura NET, OI, Vivo, Claro, Embratel e Sky.

Sim. Os assinantes de SP de TV paga ficarão sem alguns dos principais canais abertos do país. Só vão poder sintonizar se tiverem conversor digital.

A decisão veio da Simba, empresa criada pela união das três emissoras.

Um dos objetivos da Simba é contrapor as operadoras de TV por assinatura, que se recusam a remunerar os três canais por seu sinal HD, que são incluídos em pacotes de TV paga. Os canais pagos recebem pelo sinal nas operadoras.

Segundo dados pesquisas de audiência, de cada 100 TVs por assinatura ligadas no Brasil, mais de 60 delas estão sintonizadas nos canais abertos na maior parte do tempo.

Os canais abertos são ainda muito relevantes na TV paga.

A criação da Simba foi aprovada pelo Conselho Administrativo Defesa Econômica (Cade) em 2016.

Sem acordo com as operadoras, as emissoras optaram pelo corte do sinal na TV paga.

O corte na TV paga ocorrerá assim que o sinal de TV analógico, cuja distribuição é obrigatória e gratuita no cabo, for desligado na Grande São Paulo, o que está previsto para 29 de março.

Veja o comunicado no link

Informações: R7

Comentários no Facebook